Agentes de Endemias realizam ação educativa com jovens da região norte de Londrina

90

Intenção é repassar informações e demonstrar, com exemplos, materiais que podem ser utilizados como criadouros de vários hospedeiros de doenças

Nesta terça-feira (6), das 8h30 às 14h, os agentes municipais de endemias vão até a região norte de Londrina orientar a população local sobre os cuidados preventivos às diversas endemias. A ação acontecerá na farmácia que fica na Rua João Marques da Silva, 317, no São Jorge.

Durante o período da manhã, haverá uma exposição de mostruários de transmissores de doenças, como o caramujo africano, caramujo da esquistossomose, bicho barbeiro, escorpião e o transmissor da leishmaniose. Os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde também vão expor o larvário do Aedes aegypti, que é o vetor da dengue, zika, febre chikungunya e da febre amarela urbana.

Os moradores do entorno que visitarem o local também verão materiais lúdicos, que são utilizados para a exemplificação dos objetos que podem acumular água e se tornarem criadouros dos mosquitos e de transmissores de outras endemias. A mesma ação acontecerá também na quarta-feira (7) e na próxima segunda (12), terça (13) e quarta-feira (14).

De acordo com a educacora em endemias, Lucimara Vasconcelos, é necessário realizar esta ação no bairro dado o alto índice de infestação do mosquito Aedes aegypti, encontrado na região. “Vamos expor os mostruários na farmácia do bairro, porque a região obteve um alto índice de infestação do mosquito e os mesmos locais que o mosquito utiliza como criadouros pode ser usado por vetores de outras endemias, então, é importante que a população reconheça e ajude a armazenar o lixo corretamente, evitando a proliferação de doenças endêmicas na cidade”, explicou a educadora em endemias.

Projeto Cepas – Já na quarta-feira (7), das 9h às 11h30, os integrantes do Centro Esperança por Amor Social (CEPAS), entidade socioassistencial conveniada da Prefeitura de Londrina, participarão de uma atividade prática sobre o Aedes aegypti. A atividade será realizada no bairro Nossa Senhora Aparecida, na região do São Jorge, zona norte de Londrina.

Os estudantes poderão colocar em prática tudo que aprenderam sobre o combate às endemias e, ao percorrerem o bairro, conversarão com os moradores e recolherão o lixo descartado de maneira irregular pelas ruas e terrenos baldios. Cerca de 40 alunos de 6 a 15 anos farão parte da atividade extraclasse.

Durante a ação, também serão entregues sacos de lixo aos moradores e panfletos autoexplicativos sobre a dengue. “Nossa intenção é que os jovens levem os conhecimentos obtidos durante as conversas e atividades práticas para seus familiares e amigos, conscientizando os moradores do bairro a cuidarem do local onde eles moram e convivem”, finalizou Lucimara.

Outras informações podem ser obtidas com a educadora em endemias, Lucimara Vasconcelos pelo 3372-9427 e com a gerente de Vigilância Ambiental, Diana Martins, pelo mesmo telefone.

Texto: Ana Paula Hedler




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *