Londrinenses são indicados ao Prêmio Destaque Profissional do Crea-PR

105

Três profissionais de Londrina estão entre os indicados ao  Prêmio Destaque Profissional, promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR). A entrega das homenagens será feita durante o 44º Encontro Paranaense de Entidades de Classe (EPEC). O evento será realizado nesta quinta (8) e sexta-feira (9) em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná.

A premiação é dividida em três categorias: Profissional Destaque, Carreira Destaque e Educador Destaque. O objetivo é reconhecer a atuação de profissionais, incentivar e fortalecer iniciativas inovadoras. Ao todo, serão condecorados 24 profissionais de todo o estado, eleitos por mais de 600 representantes de entidades de classe e instituições de ensino do Paraná.

Na categoria Profissional Destaque, o engenheiro civil Edgard Marin será reconhecido pelos 46 anos de profissão. Nascido em Londrina, ele se formou na Escola de Engenharia de São Carlos, da Universidade de São Paulo (USP). Com o canudo em mãos, voltou a Londrina, onde começou a trabalhar em uma empresa. Atualmente, comanda o próprio negócio. “Também me dedico a perícias e avaliações na região”, completa.

Marin conta que recebeu a notícia com “felicidade indescritível”. Para ele, o prêmio se deve a sua postura ética no trabalho e relação de respeito com os profissionais do ramo. “Me considero dedicaddo em tudo que faço e penso que é preciso dividir para multiplicar. Por isso, sempre compartilho conhecimento com outros profissionais”, destaca.

O engenheiro civil foi um dos primeiros associados do Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina (CEAL) e já ocupou cargos de inspetor, coordenador e vice-presidente do Crea-PR. “Sou defensor das atividades de fiscalização do exercício profissional e valorização do Conselho”, aponta.

Na categoria Educador Destaque, o engenheiro mecânico Valdemir Antunes será homenageado pelos 20 anos dedicados ao ensino. Atualmente, ele é docente da Universidade Pitágoras e Unopar Virtual, nos cursos de Engenharia Civil e Mecânica. “Me senti muito feliz ao receber a notícia. Não é fruto de resultado imediato, mas sim conquistado após anos de empenho e trabalho”, pontua.

Antunes já foi professor do Ensino Médio e também tem graduação em Física. Para ele, os maiores trunfos são os projetos que realizou visando a melhora da qualidade de vida e bem-estar da comunidade. “Durante a docência, liderei diversos cursos de instalações elétricas, grupos de pesquisas e outros trabalhos que atendiam à população”, completa.

O engenheiro agrônomo Paulo Gatti Paiva receberá o prêmio na categoria Carreira Destaque. Ele trabalha há 33 anos como fiscal agropecuário e atualmente é supervisor regional na Agência de Defesa  Agropecuária do Paraná (Adapar). “Acredito que a indicação vai ao encontro da carreira que construí nesses anos, principalmente, pelas atuações no Crea-PR, como conselheiro, diretor e coordenador de Câmara. Com certeza, as pessoas se lembraram do que fiz, junto, é claro, com todo a equipe”, finaliza.

Sobre o 44º EPEC

Na programação do evento, haverá uma série de palestras, mesas-redondas e oficinas destinadas aos profissionais das áreas tecnológicas e representaantes de entidades de classes da Engenharia, Agronomia e Geociências. A temática deste ano é “Inovação e Gestão de Entidades de Classe”. A expectativa é receber mais de 500 pessoas, nomeadas por 80 entidades de classe do Paraná e outros estados.

Sobre o Crea-PR

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), criado no ano de 1934, é uma autarquia responsável pela regulamentação e fiscalização dos profissionais e empresas das áreas das engenharias, agronomias e geociências. Além de regulamentar e fiscalizar, o Crea-PR também promove ações de atualização profissional, primando sempre pela qualidade na prestação dos serviços prestados.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *