Prefeitura conclui licitação para reforma e ampliação da Maternidade Municipal

7039

Foi homologado, nesta sexta-feira (19), o resultado da licitação para contratação de empresa que deverá executar a reforma e ampliação da Maternidade Municipal. O processo licitatório nº 10/2019 foi realizado na modalidade de Concorrência Pública, com teto máximo estipulado em R$6.473.378,29. Após habilitação dos licitantes, houve a análise das propostas comerciais, e foi declarada vencedora a empresa londrinense Tekenge Engenharia e Construções LTDA, com valor proposto de R$6.066.363,61. Isso representou uma economia de R$407.014,68 aos cofres públicos.

Diante da homologação do certame, a Prefeitura deverá firmar contrato com a empresa selecionada e autorizar o início das obras, por meio da ordem de serviço, nos próximos dez dias. Com a entrega da ordem de serviço, o prazo estabelecido para que os trabalhos iniciem é de até um dia útil, e estes devem ser concluídos em até 420 dias.

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, destacou que a ampliação e reforma da Maternidade Municipal Lucilla Ballalai integra o Programa de Reestruturação da Saúde Pública, em execução pela Prefeitura de Londrina. E, desde sua inauguração, a unidade não passou por reformas significativas, exceto pequenas manutenções corretivas. “Vamos retomar uma das obras mais importantes da administração do prefeito Marcelo Belinati, com ampliação em cerca de mil metros quadrados da Maternidade Municipal, bem como a reforma completa da estrutura existente. Nossa maternidade é referência em parto humanizado no estado, local onde nasceram mais de 87 mil londrinenses. Mas, infelizmente, ao longo dos mais de 20 anos de sua existência, essa unidade não passou por reformas e manutenções necessárias. Entendendo que a Saúde deve ser tratada como prioridade, o prefeito Marcelo Belinati lança mão do maior programa de reestruturação da saúde da cidade, e a maternidade não poderia estar de fora desse programa”, ressaltou.

Melhorias – Inaugurada em 1992, a Maternidade Municipal fica situada na Avenida Jacob Bartolomeu Minatti, 350. Ali são realizados, em média, mais de 260 partos e 760 atendimentos por mês, que incluem testes e exames essenciais à saúde de gestantes, puérperas e bebês recém-nascidos. “Enquanto vários outros municípios têm dificuldades financeiras para manter seu custeio básico, a Prefeitura de Londrina demonstra que suas contas estão em dia e equilibradas, investindo mais de R$6 milhões para a reconstrução e ampliação da Maternidade que, além de toda a estrutura física terá novos mobiliários e equipamentos, para que as mamães tenham mais conforto, e os servidores a condição adequada e digna de trabalho”, citou o secretário de Saúde.

Dentre os serviços previstos pela licitação, estão pintura, melhorias no telhado, piso, e das instalações hidráulicas e elétricas, entre outros. A obra contempla também um aumento de 992,58 m² da área total da Maternidade. O projeto da área ampliada inclui a construção de um Centro de Parto Normal, que ficará onde hoje funciona o centro cirúrgico e o serviço de esterilização da Maternidade. O local será expandido, saindo de três para oito quartos, com mais dois quartos para médico plantonista e cinco salas de apoio, com posto de enfermagem, sala de vacina, exames, armazenamento e coleta de leite materno.

Todos os quartos das pacientes vão contar com aparelhos de ar-condicionado e televisores, proporcionando conforto durante a estadia na maternidade. E no piso térreo do prédio, serão construídos novo centro cirúrgico, mais o centro de materiais e esterilização. E, no subsolo, ficará a lavanderia, sala de costura e oficina de necrotério.



Silvio Rodrigues - Editor/Fundador do Site Portal Londrina


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *