Por meio de uma parceria firmada entre a Prefeitura de Londrina e a Universidade Estadual de Londrina (UEL), o Disque-Coronavírus passa, a partir de hoje, a funcionar em horário estendido. O serviço, oferecido pelo número 0800-400-1234, atenderá ligações todos os dias da semana, para sanar dúvidas da população referentes ao novo coronavírus (COVID-19). O novo horário do serviço é de segunda a sexta-feira, das 7 às 22 horas. Aos sábados e domingos, o funcionamento será das 8 às 17 horas. As chamadas são gratuitas, e podem ser feitas de telefone fixo e celular.

A diretora de Vigilância em Saúde do Município, Sônia Fernandes, contou que, durante a primeira semana após implementação do Disque-Coronavírus, em 23 de março, foram registrados, aproximadamente, 1.500 atendimentos. “Dúvidas sobre os sintomas, isolamento, necessidade de procurar serviço de saúde, e em relação aos decretos municipais, são algumas das informações mais solicitadas até o momento”, citou.

Graças à parceria com a UEL, bolsistas e voluntários da instituição vão se somar à equipe atual do Município para suprir a demanda do Disque-Coronavírus. Isso totaliza 80 pessoas, que irão atuar em quatro turnos formados por 20 teleatendentes mais supervisor.

Segundo a pró-reitora de Extensão, Cultura e Sociedade da UEL, Mara Solange Gomes Dellaroza, atualmente 12 bolsistas acadêmicos, da UEL e de outras instituições, se inscreveram para o projeto de extensão vinculado ao Disque-Coronavírus. “Além destes bolsistas cadastrados, temos professores e pós-graduandos orientando cada turno do Disque-Coronavírus. E, a partir de amanhã, teremos também alunos, especialmente do curso de Farmácia, que atuarão como voluntários”, complementou.

Para a professora, atuar no atendimento à população durante a pandemia de coronavírus será uma experiência enriquecedora para a formação destes acadêmicos. “Com certeza vai sensibilizá-los quanto às necessidades que a comunidade em geral e os profissionais de saúde têm, diante de uma pandemia como esta. É uma experiência que vai marcar, com certeza, a formação acadêmica de todos os alunos que puderem atuar conosco”, afirmou.

#londrina #coronavirus

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui