Procon de Londrina notifica redes de mercados por aumento nos preços de mercadorias

19012

Todos os itens da Cesta Básica foram fiscalizados; estabelecimentos terão 48 horas para justificarem o aumento dos preços, por meio de notas fiscais.

O Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Londrina (PROCON-LD) notificou, na manhã desta terça-feira (24), 14 redes de mercados e supermercados para prestarem esclarecimentos sobre o aumento nos preços de mercadorias da Cesta Básica. As denúncias partiram dos próprios consumidores, que notaram um possível aumentos abusivo nos valores de alguns produtos.

Segundo o diretor-executivo do PROCON-LD, Gustavo Richa, o órgão recebeu cerca de 200 denúncias relativas a estas 14 redes de mercados. “As maiores reclamações estão relacionadas ao preço do leite, ovos, arroz e feijão, mas verificamos todos os itens da Cesta Básica para ficar mais completo. Estes estabelecimentos terão 48 horas para apresentar suas justificativas, por meio de notas ficais. Caso sejam constatadas irregularidades na precificação, tomaremos as providências cabíveis, de acordo com a legislação vigente”, disse.

Richa lembrou que o Código de Defesa do Consumidor (CDC) estabelece que é caracterizado como prática abusiva elevar, sem justa causa, o preço de produtos ou serviços e obter vantagem desproporcional. “Estamos atentos a isso e pedimos que a população continue fazendo denúncias, por meio de nossos canais”, disse.

Por conta da disseminação do novo coronavírus, o PROCON-LD não está realizando atendimentos presenciais no momento, contudo, os consumidores podem denunciar por telefone ou pela internet, pelo 151, pelo e-mail procon@londrina.pr.gov.br, por meio do celular do próprio diretor-executivo Gustavo Richa, no (43) 99914-3277, na página do PROCON na rede social Facebook, no endereço eletrônico https://www.facebook.com/ProconLd/, ou na página de Richa, no https://www.facebook.com/gustavocricha.



Silvio Rodrigues - Editor/Fundador do Site Portal Londrina


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *