A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Defesa Social, através da Guarda Municipal de Londrina, colocou a força-tarefa de fiscalização nas ruas, na manhã desta sexta-feira (11), para que se cumpram medidas preventivas ao novo coronavírus.

Foto: Bruno Amaral / Defesa Social

Após denúncias recebidas, pela central 153, até o final desta manhã as equipes da Guarda Municipal flagraram cinco estabelecimentos em funcionamento cuja atividade principal do alvará está definida como bar, sendo dois na zona oeste, um na região leste, um na sul e um na área central. Por estar em desacordo com o último decreto os locais foram fechados.

Áreas de lazer- No primeiro momento os guardas municipais sinalizaram e interditaram novamente todas as áreas públicas de lazer da cidade. Estes espaços tinham sido fechados no início do mês de abril e reabertos no dia 17 de agosto.

A Guarda Municipal sinalizou com fita zebrada as pistas de caminhada do Zerão, região dos lagos, barragem, academias ao ar livre, parques públicos entre outros locais que foram focos das denúncias nos últimos dias. Em entrevista coletiva, no final da manhã desta sexta-feira, o secretário municipal de Defesa Social, Pedro Ramos, afirmou que a ação iniciou pelos locais onde foram constatadas grandes aglomerações nos últimos dias.

Foto: Bruno Amaral / Defesa Social

O artigo 3º do decreto 1049/2020 informa que fica vedada a utilização de parques, praças, pistas de caminhada, ciclovias, academias ao ar livre e demais espaços públicos similares existentes no Município, inclusive o Parque Arthur Thomas e o Jardim Botânico, sendo proibido o trânsito e a permanência de pessoas nos referidos locais, em qualquer número, para quaisquer fins.

De acordo com inspetor GM Reis, a população deve colaborar com as medidas da prefeitura para evitar o contágio. “Recomendamos que todos os cidadãos permaneçam em suas casas sempre que possível. Estamos contabilizando na nossa central telefônica diversas denúncias de aglomerações entre outras situações de descumprimento das normas, portanto vamos continuar o trabalho de fiscalização”, informou.

Cuidados– Segue obrigatório o uso de máscara de proteção e quem for flagrado sem utilizar o equipamento de proteção poderá ser multado em R$300,00. Denúncias podem ser feitas para o telefone 153 da Guarda Municipal e para o WhatsApp 99995 – 0272. A instituição conta com a colaboração do denunciante para o fornecimento do maior número de informações possíveis para garantir efetividade no atendimento.

Texto: Bruno Amaral/Defesa Social

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui