As famosas retrações de Fibonacci constituem um famoso indicador técnico para a negociação de ativos, tanto em binárias quanto em bolsas de valores e outros mercados financeiros. Essas ferramentas têm grande relevância no mercado binário porque dão aos traders uma oportunidade de corrigir rotas e resgatar ganhos conforme uma análise lógica. 

Além disso, retrações de Fibonacci proporcionam ao trader a oportunidade de lucrar com tendências nas duas direções. Por isso, essas ferramentas de análise mostram-se especialmente eficazes para obter ganhos com binárias.

Qual a utilidade das retrações de Fibonacci?
Retrações de Fibonacci servem como ferramentas técnicas para a identificação dos pontos de suporte/resistência num gráfico. Aplica-se esta técnica para determinar comportamentos em níveis de preços dos diferentes mercados adjacentes que existem para o mercado binário.

Trata-se, também, de um método eficiente ​​para indicar a ocorrência estatística de repiques nos preços em pontos diversos de um gráfico, não somente para exibir tendências mais claras (sejam elas de aumento ou queda) no mercado. Portanto, as retrações de Fibonacci põem luz sobre movimentos que possivelmente afrontam a direção original do preço. Isso se aplica a ativos como, por exemplo: moedas, commodities, ações e índices, entre outros.

As retrações de Fibonacci são aplicadas, também, quando se procura assumir uma posição em fases de correção do preço. Por exemplo, se os preços apresentam movimentos de aumento ou queda, esta ferramenta serve para indicar aos investidores qual a decisão correta a tomar.

Estratégias com base em Fibonacci
Utiliza-se bastante as retrações de Fibonacci para a criação de estratégias na negociação de binárias. Afinal, elas permitem que se estabeleçam métodos consistentes e eficazes para os investidores. Com isso, eles podem formar suas próprias previsões a respeito do comportamento de determinados ativos no mercado adjacente em questão.

Tais métodos de análise atraem o interesse de investidores porque proporcionam uma maior capacidade de observar e acompanhar o mercado de perto. Com esta técnica, os investidores podem determinar valor e custo de diversos ativos no mercado, tendo em vista o momento mais apropriado.

Fibonacci é usado principalmente na determinação de erros que são resultado de previsões desacertadas sobre o movimento de preços de ativos. Aplicamos essas ferramentas técnicas, portanto, para obter uma recuperação rápida de erros cometidos no mercado em que estamos operando.

Como usar retrações de Fibonacci?
A característica básica de Fibonacci é seu poder de localizar rapidamente num gráfico os pontos de resistência e suporte de um preço. Com isso, permite estabelecermos estratégias mais acertadas sobre o ativo em questão.

A origem da estratégia Fibonacci está na sequência de Fibonacci. Muito famosa hoje em dia, ela foi criada pelo italiano Leonardo Pisano muitos anos atrás: 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21… e daí por diante. Se você não entendeu a lógica, não se preocupe. Ela é bem simples: começando em 1, cada número da sequência será igual à soma dos dois números que o antecedem.

Ocorre que há uma relação considerada natural entre os números dessa sequência. Por isso, foram estabelecidas 38,2% e 61,8% como as porcentagens padrão para indicar pontos de viragem no mercado. Em meio a esses dois pontos, fica o nível de 50%. Cada um desses três números, portanto, indica um nível em que o preço do ativo em questão tem chances maiores de reverter a tendência.

Há, desse modo, o que alguns analistas convencionaram chamar de “atratividade” nos pontos específicos de Fibonacci. Ou seja, conhecendo cada um deles, você pode desenvolver estratégias que garantam possíveis correções de preços, antecipando-se ao movimento efetivo no gráfico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui