Um calendário econômico para negociações Forex dá aos traders uma visão ampla do que há pela frente em relação a eventos relevantes para os preços de ativos. Com isso, permite  um refinamento maior da aplicação de análise fundamental, visto que é a base para indicadores sempre sólidos e regulares.

Pensando nisso, preparamos este guia com todos os detalhes mais relevantes por trás de um calendário econômico bem-feito para a negociação Forex. Nosso objetivo é explicar as principais vantagens de um calendário econômico, como base para dicas que qualquer trader interessado no assunto deve ter interesse em ler. Mostramos como se pode preparar e analisar devidamente um calendário econômico, para que você seja o próximo trader a aproveitar os benefícios principais dessa ferramenta.

Como funciona um calendário econômico

Um calendário econômico é uma previsão de eventos econômicos que serão anunciados ou tomarão lugar em determinado momento no tempo. Os traders podem se basear nesses “marcos” econômicos para prever o movimento do preço dos ativos que eles negociam. Afinal, cada investidor deve montar um calendário econômico que diga respeito àquilo que tem potencial de impacto sobre seus ativos e negociações.

Algumas informações são relevantes para quase qualquer investidor, independentemente do mercado em que atua e dos ativos que costuma negociar. Isso se deve ao grande impacto que têm sobre a economia a nível global e/ou local. Exemplos disso são o anúncio de projeções do PIB do Brasil, para papéis públicos ou de grande parte das empresas listadas em bolsa no país. A inflação no Brasil, quando medida por um determinado índice de referência no mercado, também pode ter esse poder, bem como a taxa Selic.

O mesmo serve para eventos em outros países, sendo que alguns deles têm influência sobre outras economias. As informações do Federal Reserve (FED), o banco central americano, são um exemplo disso. Afinal, elas podem derrubar bolsas de muitos países. O mesmo se aplica, em menor medida, ao banco central europeu.

Quando falamos em evento, normalmente, estamos nos referindo a anúncios já esperados, que se dão em prosseguimento a procedimentos padrão. Por exemplo, os resultados de reuniões de bancos centrais ou a divulgação de dados de determinados setores e empresas entram nessa categoria.

Por isso, é importante entender o que afeta os seus ativos e adicionar eventos relevantes, relacionados a essas informações, ao seu calendário econômico. Além de incluir datas de reuniões e divulgações importantes, você pode classificar sua relevância por categorias como “baixo impacto”, “médio impacto” e “alto impacto”, para orientar-se corretamente. O que importa, afinal, é ter um calendário inteligente e sempre atualizado.

Como ler e montar um calendário econômico para Forex

Saber como ler corretamente um calendário econômico é essencial para garantir um bom desempenho em relação às divulgações mais relevantes do mercado. Tome por hábito, por exemplo, a verificação de seu calendário pela manhã e ao final de cada sessão. Dessa forma, você estará preparado e poderá se planejar para cada cenário. Além disso, terá uma visão macro, ao final do dia, do que efetivamente ocorreu com os preços.

Nem sempre é possível reagir a todo e qualquer evento do seu calendário. Isso não significa que você deva deixar de montar um calendário completo. Pelo contrário, inclua nele todas as informações que possam vir a ser relevantes. Com o passar do tempo e de cada sessão, você deverá ter uma leitura inteligente do que é efetivamente relevante.

Durante a montagem do calendário, priorize os mercados que são relevantes para os preços nos quais você está interessado. Se está negociando um par EUR/USD, por exemplo, deve observar as informações relevantes dos EUA e da zona do euro. Marque todos os dias e horários em que espera por anúncios importantes, levando em conta o fuso de Brasília. Por fim, classifique cada evento pelo grau de impacto esperado.

Vantagens de um calendário econômico

Um calendário econômico pode ser importante em múltiplos aspectos. A seguir, trazemos três deles que consideramos centrais para qualquer trader.

Gerenciamento de riscos

Ao acompanhar o calendário econômico e seus eventos mais importantes, você se prepara para os riscos inerentes a qualquer mercado financeiro. Caso espere por uma notícia perigosa para sua posição em determinado ativo, por exemplo, pode assumir uma postura mais conservadora e evitar possíveis choques e prejuízos.

Planejamento

Um calendário também pode trazer oportunidades interessantes. Ou seja, você não precisa usá-lo apenas para se proteger de eventuais riscos. Pelo contrário, ao acompanhar mais atentamente as notícias, pode se preparar para realizar investimentos promissores.

Aprendizado

Preparar-se para investir segundo uma análise fundamentalista é um grande aprendizado para qualquer trader. Afinal, você passa a compreender melhor como os eventos se relacionam com os preços. Com isso, acaba se tornando um trader mais bem-preparado e capaz de realizar bons investimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui