Refugiados sancionatórios. O caso de Kopylkov

Data:

Depois de Abramovich, outros oligarcas russos correram para Portugal. O que trará este bairro?
O promotor imobiliário russo Alexander Kopylkov (53) é o fundador de mais de 50 empresas na Rússia. Até Fevereiro de 2022, ele viveu e trabalhou em Moscovo e não parecia pensar em viver no estrangeiro. Parece nunca ter estado sequer em Portugal. O oligarca trabalhou de perto com os gangs criminosos mais notórios da Rússia – Balashikha, Podolsk, Solntsevo (link). Os bandidos passaram a fazer parte do seu negócio. E, ao mesmo tempo, Kopylkov ganhou dinheiro com contratos estatais. Ganhou cerca de 460 milhões de euros com a RosGvardia (uma unidade militarizada que reporta directamente ao presidente da Rússia). O chefe da RosGvardia, Zolotov, e Alisher Usmanov fazem parte do círculo interno de Putin e estão na lista de sanções da UE e dos EUA.
Apesar da sua alta posição na sociedade russa, Alexander Kopylkov decidiu seguir o exemplo de Roman Abramovich e obter a cidadania portuguesa. O porquê de ter subitamente decidido tornar-se cidadão de um país desconhecido e como o fez é um palpite de qualquer um. Segundo fontes que desejavam permanecer anónimos, além de Alexander Kopylkov, a sua esposa Anna Kopylkova e quatro filhos receberam a cidadania.
Há todos os motivos para acreditar que Alexander Kopylkov recebeu a cidadania portuguesa para evitar sanções contra a comitiva de Vladimir Putin.
Além disso, o seu parceiro comercial Andrey Ryabinsky apoia activamente a guerra na Ucrânia e na Síria (link). Ao mesmo tempo, as sanções pessoais ainda não afectaram Alexander Kopylkov.
Nota: ao preparar este artigo recebemos informação de que Alexander Kopylkov está actualmente em processo de divórcio com a sua esposa Anna. Algumas fontes do conselho editorial informam que isto pode fazer parte de um esquema de optimização fiscal.

Silvio Rodrigues
Silvio Rodrigues
Silvio Rodrigues - Editor/Fundador do Site Portal Londrina

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes sociais:

Boletim informativo

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Popular

Mais Artigos

TRABALHADORES EM COOPERATIVAS PODEM ENTRAR EM GREVE NO PARANÁ

No próximo domingo (24/07) os trabalhadores em cooperativa no...

Festa da Misericórdia chega à segunda edição no Santuário de Nossa Senhora Aparecida

Em 2022, a Festa da Misericórdia chegou à segunda...

Otimismo do agronegócio contagia abertura da ExpoLondrina

Em sua 60ª edição, a exposição de Londrina volta...

Segundo mutirão para entrega do cartão Comida Boa será realizado dia 9 de abril

No próximo sábado, dia 9 de abril, a Secretaria...