TRABALHADORES EM COOPERATIVAS PODEM ENTRAR EM GREVE NO PARANÁ

0
2272

No próximo domingo (24/07) os trabalhadores em cooperativa no Estado do Paraná realizam assembleia geral da categoria para definir os rumos da campanha salarial 2022

Semana decisiva para as cooperativas da base de representação da Fenatracoop – federação Nacional dos Trabalhadores Celetistas nas Cooperativas no Brasil e dos sindicatos Sintracoop – Sindicato dos Trabalhadores em Cooperativas Agrícolas, Agropecuárias e Agroindustriais no Estado do Paraná e Sintrascoopa – Sindicato dos Trabalhadores em Cooperativas Agrícolas, Agropecuárias e Agroindustriais de Palotina e região no estado. A data-base da categoria é no mês de junho e desde março as entidades sindicais vem trabalhando para firmar Convenção Coletiva de Trabalho com o sindicato patronal, a Ocepar – Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná. Porém, a entidade patronal vem adiando as negociações e após muita pressão dos trabalhadores ofereceu uma proposta de reajuste muito aquém das expectativas dos trabalhadores. “Em um período em que a inflação oficial chegou a quase 12%, a OCEPAR não traz para os trabalhadores nenhuma proposta de reajuste . Nunca as cooperativas estiveram tão bem, lucrando ano a ano, mas não querem dividir os louros com quem realmente movimenta a cooperativas, que são os trabalhadores. Se até domingo, a proposta não for melhorada provavelmente os trabalhadores optarão pela greve”, afirmou o presidente Mauri Viana Pereira.

Nesta semana, os dirigentes sindicais estão rodando as cooperativas da base e convocando os trabalhadores a participarem da assembleia e exercerem seu direito de discutir, analisar e votar pela aprovação ou não da Convenção Coletiva de Trabalho. “Estamos nessas negociações há 30 anos e todos os anos é a mesma coisa, não querem oferecer nada aos trabalhadores e sabemos que eles podem. Nossos trabalhadores confiam no sindicato e são muito ativos com relação a atuação sindical, por isso aguardamos mais de 10 mil trabalhadores na nossa assembleia de domingo e democraticamente decidirão os rumos da nossa negociação”, explicou Mauri.

As cooperativas que já firmaram Acordo Coletivo de Trabalho com o sindicato não entrarão no indicativo de greve, caso ele seja aprovado. Apenas as cooperativas que decidirem por aguardar as negociações com a Ocepar serão paralisadas. “Caso aprovado o indicativo de greve temos 72 horas para iniciar o movimento. Pediremos aos trabalhadores que fiquem em casa e não venham para os portões da cooperativa pois estarão fechados. Os trabalhadores em cooperativas merecem respeito, o que o sindicato patronal não vem fazendo, mas nunca deixamos de lutar e não será agora que iremos”, encerrou o presidente.

A assembleia acontecerá no próximo domingo a partir de 09 da manhã de forma virtual, e a votação de forma digital para os trabalhadores cadastrados no site www.assembleia.fenatracoop.com.br , no dia da assembleia é necessário acessar o mesmo link, onde o trabalhador poderá ingressar através de login e senha disponibilizados no dia do cadastro. Somente os trabalhadores cadastrados terão direito a voto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui