Estádio do Café está preparado para o início da temporada 2023 do Londrina Esporte Clube

Neste domingo (15), às 16h, o Londrina Esporte Clube (LEC) faz a sua primeira partida do ano no local, estreando no Campeonato Paranaense 2023 diante do Azuris, de Pato Branco. Antes do jogo inicial, a praça esportiva passou por manutenção no gramado, ganhou nova iluminação em LED, adequações de acessibilidade, pintura e reparos nas arquibancadas, entre outros ajustes em diferentes setores e ambientes.

0
468

Após ter recebido uma série de melhorias e adaptações recentes, realizadas pela Prefeitura de Londrina, o Estádio do Café está com a casa pronta para mais uma temporada de futebol na cidade. Neste domingo (15), às 16h, o Londrina Esporte Clube (LEC) faz a sua primeira partida do ano no local, estreando no Campeonato Paranaense 2023 diante do Azuris, de Pato Branco. Antes do jogo inicial, a praça esportiva passou por manutenção no gramado, ganhou nova iluminação em LED, adequações de acessibilidade, pintura e reparos nas arquibancadas, entre outros ajustes em diferentes setores e ambientes.

Segundo o diretor-presidente da FEL, em exercício, Gustavo Richa, o Estádio do Café está preparado para o início da atual temporada e ainda passará por mais melhorias nos próximos meses, a fim de proporcionar a melhor experiência a todos os torcedores que frequentam o local, bem como àqueles que lá trabalham. “Além dos vários serviços já realizados nos últimos meses e agora, para a primeira partida do ano, a Prefeitura abrirá processos licitatórios para a manutenção do gramado e também para implantação de um novo projeto de iluminação. Serão iniciativas importantes para aprimorar a qualidade deste espaço público”, destacou.

Para receber os jogos do Tubarão, a Fundação de Esportes de Londrina (FEL) trabalhou realizando a descompactação do campo, que recebeu tratamento de aeração, nivelamento, top dressing, adubação, fertilização, irrigação e controle de pragas.

Foto: Emerson Dias / N.Com

Os serviços, executados pela empresa licitada Grastecno Gramados incluíram corte vertical para eliminar “colchão” de grama e regularizar o piso, e a intervenção chamada top dressing, técnica que consiste na distribuição de calcário, composto orgânico de turfa esterilizada, calcário, adubo NPK, além da retirada de entulhos. Ainda houve a aplicação de adubo com areia e de produto para o controle de plantas daninhas, prejudiciais ao solo do gramado, bem como a sua demarcação e acabamentos finais. Em breve, a Prefeitura pretende abrir um processo de licitação para contratar serviços de manutenção do gramado do Café.

O sistema de iluminação do estádio também passou por melhorias desenvolvidas pela Londrina Iluminação (LI). As quatro torres existentes na arena esportiva – duas de cada lado do campo – estão recebendo reforço com a instalação de uma nova linha de oito projetores de luz com sistema LED em cada. Assim, ao todo, agora serão mais 32 projetores em LED provisórios, somados aos 140 com lâmpadas de vapor metálico que já operam normalmente (35 em cada torre). A instalação está em fase final e deverá estar pronta antes do primeiro jogo neste domingo (15). Todo este conjunto misto poderá continuar sendo utilizado, posteriormente.

O Município está elaborando a licitação do novo projeto de iluminação para o estádio, que está em fase final e com previsão para ser viabilizado com abertura de edital nos próximos meses.

Foto: Emerson Dias / N.Com

Mais acessibilidade – No início de dezembro de 2022, a Prefeitura concluiu as obras de adequações para acessibilidade no Café. Para trazer mais segurança e conforto aos espectadores, foram realizados trabalhos de inovação nos setores para cadeirantes no anel superior, incluindo também sinalização e adaptações em prol de pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência visual e seus acompanhantes. Compuseram a iniciativa serviços de pintura e colocação de guarda-corpos com placas, e ainda ajustes em corrimãos das arquibancadas e em trechos das escadarias inferiores da parte geral.

Após as reconfigurações, o estádio passou a contar com 260 vagas exclusivas e demarcadas para Pessoas em Cadeira de Rodas (PCR) no anel superior, com base na capacidade máxima de público do estádio. Outra novidade foi a implantação de sistema braile nos corrimãos e guarda-corpos, mais a sinalização de todos os degraus da escadaria com tinta fotoluminescente, já que se trata de rota de fuga. Também foi feita a colocação de novas placas (em alumínio e acrílico), adesivos e elementos de comunicação visual para a identificação dos novos dispositivos, incluindo áreas de circulação das escadas e sanitários.

Todo este pacote tornou o estádio mais convidativo, seguro e amigável a quem possui necessidades especiais. A responsável pelas ações foi a Urban Green – Serviços Urbanísticos Eireli.

Foto: Vivian Honorato / N.Com

Outras melhorias – Durante o ano de 2022, o Estádio do Café recebeu diversas ações realizadas pela Prefeitura de Londrina. Por meio de mobilizações integradas de força-tarefa, ocorridas em diferentes etapas e envolvendo secretarias e órgãos municipais, esta praça esportiva e de lazer passou por mudanças importantes. As ações contaram com empenho da FEL, CMTU, secretarias de Obras e do Ambiente (Sema), além da Londrina Iluminação (LI).

Houve pintura de arquibancadas e adequações em banheiros, além de pintura no entorno, nos muros, portões e ferragens. Foi construído um novo muro na área de acesso da torcida visitante, como forma de aprimorar a entrada do público a este espaço. Também foi feita manutenção em outras portas e portões e o muro externo, na entrada da bilheteria principal, recebeu pintura. Outras ações foram serviços de capina, roçagem e limpeza nas partes interna e externa do estádio, que também ganhou reforço na sinalização.

A parte hidráulica do estádio teve vazamentos solucionados, com reconstituição de tubulações, troca de torneiras e outros componentes em sanitários, vestiários e outros pontos. O estacionamento da torcida foi totalmente recapeado e sinalizado.

Setor para torcedores autistas – O Estádio do Café se tornou o primeiro estádio público do Brasil a contar com uma área destinada para torcedores com autismo.  A FEL criou um novo espaço no setor de cadeiras cativas para acomodar este público, após um projeto idealizado pelo torcedor Matheus Dantas, fundador da Tubautistas, primeiro grupo de torcedores voltado para essas pessoas e seus familiares.

A área preferencial, uma iniciativa inédita em espaços esportivos da cidade, vem para acomodar esses torcedores em um lugar preparado para oferecer mais conforto e segurança durante os jogos e eventos realizados no Café. Inicialmente, estão sendo disponibilizados 20 assentos no setor coberto, na parte superior esquerda, próximo às escadas de entradas e saídas, e também aos banheiros e cantinas. Os assentos serão sinalizados com um adesivo que indica a prioridade de uso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui